A produção brasileira de café este ano deverá bater recorde da série histórica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ao todo, o País produziu 3,6 milhões de toneladas do grão, o equivalente a 59,6 milhões de sacas de 60 kg – um aumento de 1,7% em relação ao mês anterior.

De acordo com o instituto, a produção estimada do café arábica foi de 2,7 milhões de toneladas, registrando um crescimento de 2,5% em relação ao mês anterior. Se comparado a 2017, a produção apresentou alta de 28,2%. O IBGE aponta ainda que Minas Gerais deve figurar como o maior produtor da variedade no País, com 1,9 milhão de toneladas, uma participação de 70,2% do total produzido.

Já o café canephora apresentou redução de 0,5% comparado ao mês anterior, com estimativa de 888,6 mil toneladas. Em relação ao ano passado, houve crescimento de 30,4%. Os aumentos mais consideráveis dessa variedade foram informados pelos estados do Espírito Santo (53,0%) e Bahia (15,7%).

Fonte: Governo do Brasil, com informações do IBGE

Fonte: Governo Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.