Em pronunciamento em Plenário nesta quinta-feira (7), o senador Telmário Mota (Pros-RR) elencou problemas que, na avaliação dele, assolam o país em várias áreas e prejudicam principalmente a população mais pobre.

Segundo o parlamentar, são 13 milhões de pessoas desempregadas, mais de 60 mil pessoas assassinadas por ano, 15 milhões de pessoas na extrema pobreza, 1 milhão de pessoas na fila do SUS e metade a população, 100 milhões de brasileiros, sem acesso a saneamento básico.

Os números alarmantes clamam por resoluções e, por isso, devem ter prioridade dentro do Congresso Nacional, afirmou Telmário:

— O que devemos buscar atender primeiro? Os bancos ou as crianças? As financeiras que vendem planos de previdência ou idosos e aposentados? Eu confio que esta Casa saberá atender sua missão constitucional de zelar pelos interesses nacionais.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.