Lançado em 1975, ‘Dentro da noite veloz’ é marcado pela intensa carga política

Lançado originalmente em 1975, Dentro da noite veloz (120 pp, R$ 44,90), de Ferreira Gullar, ganha nova edição pelas mãos da Companhia das Letras. O volume é marcado pela intensa carga política, um livro altamente engajado. Em poemas célebres como Não há vagas e Homem comum, Ferreira Gullar, em tom questionador e inquieto, denuncia a realidade cruel e desigual do país. No prefácio a esta edição, Armando Freitas Filho aponta: “É isso que este livro imenso nos mostra: a vida, a aventura, o perigo do universo que nos convida para a peripécia existencial de cada um de nós. Ninguém melhor que Ferreira Gullar para nos fazer viver e morrer, com sua experiência humana e destemida que passa dentro dessa noite feroz e veloz, sempre a postos para uma nova e — se necessário for — combativa manhã”.

Fonte: Publish News

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.