Este post faz parte do RD Summit Live Show, a cobertura completa do RD Summit 2018. Além de artigos, teremos entrevistas com palestrantes, fotos, vídeos e mais durante os três dias de evento. Visite a página da cobertura e fique por dentro de tudo!

O especialista em estratégias de Marketing Digital Estêvão Soares subiu ao palco no segundo dia do RD Summit e mostrou como os empreendedores podem diferenciar suas empresas em meio a um ambiente altamente competitivo.

A seguir, confira as questões-chaves sobre as quais você deve se debruçar para chegar lá:

1.Qual é o seu contexto atual: “A estratégia sempre tem que estar alinhada com o momento interno da empresa”, disse Estêvão. Pouco adianta traçar planos a longo prazo se o que você precisa são clientes imediatos para equilibrar as contas. Ou, se a sua capacidade de atendimento está saturada, qual o sentido de focar a sua estratégia na aquisição de mais clientes? Não seria melhor trabalhar para aumentar o seu ticket médio? “Você desperdiça recursos quando seu esforço não está alinhado com o momento interno do seu negócio”, completou.

2. O que faz a sua empresa única: segundo o palestrante, muitas empresas pecam em querer copiar a concorrência. “É necessário muito esforço para ter um negócio que seja igual ao do seu concorrente. Mesmo assim, você irá falhar”, disse. Identifique o que sua empresa faz bem. O que ela oferece de melhor aos clientes? Invista nisso.

O consultor indicou os principais erros das empresas. Entre eles, o de quererem copiar a concorrência. “São momentos, pessoas, processos, fornecedores e muitos outros aspectos diferentes”.

3. Como a sua empresa é vista: comunique ao público o que você faz, mas cuide de alinhar o que você mostra e o que a audiência percebe. “Ter diferenciais competitivos não é o suficiente. É preciso comunicá-los de formas simples, objetiva e verdadeira”, afirmou Estêvão. Vale lembrar: vender algo que a sua empresa não é capaz de entregar torna a rotina muito mais estressante.

4. Acumule diferenciais competitivos: reúna as atividades que aprendeu ao longo do caminho e alinhe-as com o seu momento de negócio. “Isso dará o direcionamento para você chegar onde quer”. Vale trabalhar diferenciais como: selecionar um nicho para atuar, fazer up e cross selling, ser o primeiro a oferecer determinado serviço ou tecnologia, ter eficiência operacional, reduzir a taxa de cancelamento de contratos, diminuir o custo de aquisição de clientes, aumentar o índice de satisfação e recomendação dos clientes e aumentar a taxa de compra. Lembre-se também de trabalhar a sua marca. Segundo Estêvão, ela será um diferencial e tanto nos próximos anos.

“Pessoas e processos devem compor o centro da sua estratégia. Todas as empresas que estão se dando bem no digital têm processos”, finalizou.

Marcadores:

Fonte: Resultados Digitais

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.