Na semana passada, a Samsung foi pega utilizando uma foto de banco de imagens na divulgação da câmera de um de seus smartphones. A fotografia, que foi comprada pela gigante sul-coreana em um dos maiores bancos de imagens da internet, o GettyImages, era parte da campanha de divulgação do Galaxy A8.

Quatro dias depois, uma das principais concorrentes da Samsung elevou o erro a um novo patamar: a Huawei, que recentemente ultrapassou a Apple e se tornou a segunda maior vendedora de smartphones do planeta, fez uma campanha de divulgação de seu novo smartphone, o Nova 3, por meio de um vídeo de trinta segundos que traz um casal utilizando o celular para registrar alguns momentos marcantes.

O problema do comercial é que a grande estrela dele, a atriz Sarah Elshamy que interpreta a moça da campanha, postou imagens dos bastidores da campanha em seu Instagram. Uma das fotos revela nada mais nada menos do que uma câmera DSLR sendo utilizada para tirar as fotos que supostamente seriam registros da câmera do Nova 3.

Apesar de a Huawei nunca afirmar claramente que as fotos do comercial foram feitas com o Nova 3, o uso do celular pelos personagens do vídeo, obviamente, passa essa impressão.

Fonte: B9

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.