O projeto que torna mais rigorosas as regras para uso de tornozeleiras eletrônicas e o que viabiliza a implantação de bloqueadores de celulares em presídios foram mencionados nesta quarta-feira (8) pelo senador Lasier Martins (PSD-RS) entre as proposições que apresentou nos últimos quatro anos.

Lasier, que reafirmou sua determinação em defender seu estado e corresponder à confiança dos eleitores, também citou a proposta de sua autoria que define atos de terrorismo, a que cria a Frente Parlamentar da Segurança Pública nas Fronteiras e a que proíbe o nepotismo em empresas terceirizadas. O senador ainda relatou sua luta por mais transparência para o BNDES.

— Ao longo do meu mandato, tenho lutado, mas até agora em vão, para tornar públicos os termos suspeitos dos financiamentos bilionários em secretos contratos firmados entre o BNDES e governos estrangeiros.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Senado Federal

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.