O senador Roberto Requião (MDB-PR) criticou o Conselho de Comunicação Social do Congresso, afirmando que o órgão tem uma visão parcial e representativa da posição da grande mídia comercial. Para Requião, o conselho considera fake news apenas as informações divulgadas por blogs e sites de esquerda, desconhecendo notícias tendenciosas dos mais importantes veículos da imprensa.

O parlamentar também condenou a criação da Instituição Fiscal Independente, composta por três diretores e cinco assessores. Ele destacou que essa entidade de assessoramento do Senado acabou de fazer um seminário em que chegou à conclusão de que é necessário mais ajuste fiscal, correspondente a 5 % do PIB.

— Vejam só a que ponto leva o fundamentalismo de mercado, a idiotia fiscalista, a ideologia radical, criminosa, assassina do neoliberalismo.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Senado Federal

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.