A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) defendeu nesta terça-feira (22) a mobilização para declarar o forró como patrimônio imaterial da cultura brasileira. Ela anunciou que presidirá audiência pública sobre o tema na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) nesta quarta-feira (23), a partir de 9h. Entre os convidados estão a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, secretários de cultura e artistas ligados ao forró.

Ela salientou que a reivindicação, levantada pelo movimento Fórum Nacional Forró Pé de Raiz, expressa a preocupação dos artistas com a falta de reconhecimento a uma expressão típica da cultura nordestina. Fátima Bezerra lembrou que o forró se manifesta em várias vertentes e ganha projeção nacional e internacional, constituindo ainda a “alma dos festejos juninos”.

— É muito importante a gente preservar a cultura brasileira no ponto de vista da memória para as gerações presentes e futuras. O forró pé de raiz não é uma expressão cultural popular qualquer, mas uma das expressões mais genuínas e identitárias do povo nordestino.

Fátima Bezerra também destacou a importância da 21ª Marcha dos Municípios a Brasília como forma de enfrentar as graves distorções na distribuição dos recursos públicos entre os entes federados.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Senado Federal

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.