Em discurso no Plenário nesta quarta-feira (7), a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) comentou a condenação do ex-presidente Lula pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex em Guarujá, São Paulo.

Ao afirmar que acompanhou o julgamento do início ao fim, em 24 de janeiro, a senadora disse ter ficado com “a sensação de que o ex-presidente foi condenado sem provas”. Vanessa Grazziotin protestou contra a decisão do TRF-4 e declarou que ninguém pode ser condenado sem comprovações claras do cometimento de um crime.

— A primeira impressão, o primeiro sentimento que eu tive é que nós estávamos diante, diante de uma sessão combinada do início ao fim. Vários juristas falam de que combinado foi o resultado do julgamento. Porque tivemos uma sentença e uma mesma dosimetria.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Senado Federal

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.